Pedalando na Modernidade: a bicicleta e o ciclismo na transição do século XIX para o XX.

2013-10-04_09-09-03_620

Para emprestar esse livro ou ver outros livros disponíveis, clique AQUI!

O livro de André Schetino compõe a coleção Sport: História, cujo objetivo é publicar investigações históricas que têm como objeto central as práticas corporais institucionalizadas (esporte, educação física, dança, capoeira, ginástica, práticas corporais alternativas), as encarando como uma possibilidade privilegiada de discutir um determinado contexto, em seus aspectos sociais, culturais, econômicos e/ ou políticos.

Em Pedalando na Modernidade: a bicicleta e o ciclismo na transição do século XIX para o XX, o autor insere o Brasil em uma discussão já bastante comum em muitos outros países do mundo, notadamente na Europa e nos Estados Unidos: o importante papel de um artefato, a bicicleta, gerou uma prática ao seu redor, o ciclismo, no contexto de construção do ideário da modernidade. Pelas páginas do estudo de André, vemos que nosso país, no mesmo momento que planejava se modernizar, coincidindo com o desembarque da prática esportiva por aqui, não ficou alheio a essa novidade que vinha de terras estrangeiras.

Devem destacar-se duas dimensões da investigação que gerou este livro. De imediato temos de reconhecer o louvável esforço do autor em compreender a ambiência em que se inseriu o desenvolvimento do ato de andar de bicicleta, tanto em Paris quanto no Rio de Janeiro, experiência bastante influenciada pela capital francesa. Nesse aspecto, André toma cuidado de não considerar esse relacionamento Brasil-França de forma extremamente linear, buscando captar as dissonâncias e as peculiaridades do que ocorreu em terras cariocas.

O segundo aspecto a ser exaltado nesta obra é o belo trabalho realizado com as fontes primárias. Para desvendar o que houve no Rio de Janeiro, André mergulhou a fundo em dois importantes periódicos do século XIX (O Paiz e O Jornal do Brasil), não se limitando a investigar as notícias específicas do esporte, mas também buscando informações em classificados, colunas sociais, anúncios de produtos e onde mais fosse possível encontrar algo sobre seu assunto de interesse.

Mesmo não possuindo graduação na área de História, para dar conta desses desafios André mergulhou profundamente em sua investigação, levando às raias da obsessão o desejo de realizar um belo estudo sobre este tema. Estas pesquisas contribuirão efetivamente, não só para que melhor se compreenda a outra faceta do campo esportivo, como também se possa enxergar a história do Rio de Janeiro (e em certo sentido do Brasil) a partir de outro ângulo.

O leitor certamente entenderá que não exagero ao afirmar que este livro é obrigatório para os que desejam ampliar seus conhecimentos sobre a história cultural do país, a partir de importantes construções simbólicas, com novos implementos, aplicadas em sua capital e cidade mais importante do século XIX.

Victor Andrade de Melo – Universidade Federal do Rio de Janeiro

Anúncios

2 pensamentos sobre “Pedalando na Modernidade: a bicicleta e o ciclismo na transição do século XIX para o XX.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s